Afinal, quais as minhas inspirações?

Olá, meninas! Tudo em ordem?

Hoje eu trouxe uma novidade: a partir desta semana vou compartilhar com vocês um pouco mais sobre mim, não que isso seja interessante rs para que vocês saibam as “fontes” e se inspirem também, né?!

Faz um tempinho que eu amo todo tipo de arte, seja musical ou corporal, por exemplo, e não seria diferente com as unhas, né?! Nail art pra mim é um termo super contemporâneo, na minha época eram apenas unhas “decoradas”, “rabiscadas” e por aí vai! 😀

Sou apaixonada por isso desde a minha adolescência e quando aprendi a desenhar nas unhas me sentia o máximo, né?! Afinal a moda era apenas aquele vermelhão no fim de semana e francesinha durante a semana, certo? Errado, no meu caso! rs. Como um modo de fugir do que era “padrão”, minhas unhas sempre estavam com um tom de azul ou verde, preto, amarelo (aff), pink, laranja (cruzes), roxo… Tudo menos o que era “ritual” para muitas meninas. Isso quando não era cada unha com uma cor ou um degradê de uma unha para a outra, sabe?

Familiarizando com a #nailart

Quando se está no 3º ano do Ensino Médio e recém aprovada no vestibular de inverno você faz o quê? Pinta as unhas! Hahaha, brincadeira. Eu sempre pesquisava de tudo, não sei como não tive um blog antes, rs. E na procura por um tema legal para decorar as unhas eis que eu conheço o trabalho de quem? inspirações_bloganacheconi

Bom, vou deixar para contar no próximo post, combinado? Hehe. Farei parecido com a série que estou para terminar da Isabella Narchi, então lembradas? Assim fica melhor e até mais organizado, quero trazer muitas imagens legais e não caberiam todas aqui! 😀

Mas, vocês já devem até imaginar quais são as escolhas top a partir dessas fotos aqui…

inspiraçoes_bloganacheconi

E aí, curiosas? rs. Até a próxima, meninas!

Que a nossa semana seja abençoada ❤

Anúncios

4 comentários sobre “Afinal, quais as minhas inspirações?

  1. Ana Laura Queiroz disse:

    Ahahaha uma unha de cada cor! Nunca fazia dessas coisas, mas morria de inveja. Meu pai, durante minha adolescência, foi um daqueles pais tradicionais. No máximo francesinha rsrsr A única vez que sai disso, foi no meu aniversário de 14 anos, que fiz festinha temática do Piu-Piu rsrsrs Pensaaaaaa só!

    Por um lado, ainda bem que ele não deixava, assim restringi algumas ideias loucas para aplicá-las só agora depois de adulta kkk

    Adorei a ideia de contar para nós sobre suas inspirações!
    Bjiocas, Ana

    Curtido por 1 pessoa

Deixe aqui o seu comentário! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s